25 de abril de 2009

Revolución dos caraveis / Revoluçao dos cravos

Ás 00:20 dun 25 de Abril soou na radio "Grândola, vila morena". A fermosa canción do Zeca Afonso servía de contrasinal, ían derrocar o ditador.


E a golpe de caraveis botárono, só un pobo grande podería facer iso.

8 comentários:

  1. Obrigadinha, eu também estive a festejar esta revoluçao escutando poemas e música (Rui Preto) e das colegas da escola de linguas en Badajoz. Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. MONICA estás a estudar português? :)

    ResponderEliminar
  3. Obrigada, Meninheira!
    O meu filho, nesse dia, foi ver o museu dos comboios, a uma terra chamada Entroncamento, ainda um pouco longe de Lisboa, com a irmã mais velha, que já tinha planeado há uns tempos ir até lá com ele, de comboio :) e calhou dar jeito nesse dia. Mas à volta, como passou pelo centro de Lisboa e andavam por lá muitas pessoas a comemorar, alguém lhe deu um cravo e ele muito feliz veio dar-mo assim que chegou a casa ("para a minha mamã")...
    São assim as crianças... :)
    Beijnhos
    Isabel

    ResponderEliminar
  4. Que bonito Isabel! nunca passei o 25 de Abril em Portugal, há ser mesmo muito emocionante!

    Um beijinho Isabelinha *

    ResponderEliminar
  5. Pois eu, passei metade do dia a viajar, e outra metade num concurso de cães, à conta da Pequetinha mais velha (há que ver o que é o amor de mãe, para passar assim um feriado...)

    ResponderEliminar
  6. hahaha pois é!
    Ja estava estranhada de que estivesses tao caladinha :)

    ResponderEliminar

Gracias por pasar por aquí y dejarme tus palabras :)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails