18 de março de 2012

Portugal dos meus amores

Para moitos galegos, cruzar o Minho non supón mudar de país, continuamos a estar en casa e mesmo para aqueles galegos que mudan de país, para a meirande parte deles, seguen a estar en casa, na casa dun primo irmán, pero na casa. As paisaxes non mudan, as construccións non mudan, as brincadeiras son as mesmas,... porque estamos na casa.

Para moitos de nós, cruzar o Miño, supón deliciarnos na marabilla de ver a nosa lingua aló onde mires. Ve-la reconhecida, no lugar que merece, de súpeto deixamos de ser extranxeiros na nosa terra para estar na casa nun sitio que chaman extranxeiro.

E ficamos asombrados de ver a nosa lingua no Cortinglés,...


Nas tendas dos chineses,...

E mesmo nas boutiques máis chics

Portugal dos meus amores,... deixovos cunhas fotos

En Lisboa


E em Portoalegre, este verán, que calor pasamos, mimadrinha querida.

Este verán puiden dar umha grande aperta á minha Isabelinha querida, que pouco me soubo minha cara, canto gostaba de estar máis a falar. E tamén estiven con Lídia na espectacular biblioteca de Évora (ohhhhhh cuanta beleza, um sitio para non perder) com quem gostei inmenso de estar e conhecer depois de tantos anos.

9 comentários:

  1. A mi me gusa Portugal, no se porque razon pero Lisboa me gusta hace ya unos añicos que hemos que no he ido, pero a ver si vuelvo a Lisboa, eso si lo de la frontera con Zamora si que la hemos cruzado y no hace mucho

    ResponderEliminar
  2. mariajosé, qué bueno tener noticias tuyas niña, ¿estáis todos bien? te mando un achuchón enorme, enorme.

    m*********

    ResponderEliminar
  3. Xa dicía a canción: Menos mal que nos queda Portugal.
    Eu sinto exactamente o mesmo ca ti. Unha vez falaba eu cuns pescadores de lamprea portugueses e dicían que galegos e portugueses eran amesma cousa e ue díxenlle: Os galegos somos portugueses pero muitos non se enteiran.

    ResponderEliminar
  4. Gostei de ler e de ver as fotos! E fico feliz por gostares de Portugal. Eu também gosto muito de Espanha e não, não é uma troca de galhardetes! E quanto à Galiza, é um lugar lindíssimo e onde estão também as minhas raízes...um dos meus trisavôs era galego. Bjs

    ResponderEliminar
  5. paideleo, ves de recordar varias anedotas... a ver se edito a mensaxe e as engado.
    Bicossssssssssssssssssssssssssssss

    Larinha, que gosto ter-te aqui, e que lindo o teu trisavô galego, e de onde é que era?
    beijinhossssssssss

    ResponderEliminar
  6. Dou fe de todo canto dis de Portugal!!! Nós cá estamos também, desta outra beira... Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. Meni!
    Só agora é que li esta tua entrada onde falas da minha pessoa! :) Também gostei muito de te ter abraçado e também me soube a pouco!!! E agora? Vamos ficar mais longe ainda!
    Muitos beijinhos e que tudo esteja a correr bem!
    Isabel

    ResponderEliminar
  8. Ai minha menina Isabelinha, quem sabe onde nos irá levar a vida? Eu agardo repetir abraço.

    Muitos, muitos beijinhos

    m******************************

    ResponderEliminar

Gracias por pasar por aquí y dejarme tus palabras :)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails